terça-feira, 31 de maio de 2011

Doe palavras.

Não sei se você já se perguntou quão poderosas as palavras são. Se você é redator, com certeza sim.

Mas as palavras de que vou falar aqui não são as sedutoras da Publicidade - quero falar de palavras simples, aquelas que a gente pensa mas não diz, aquelas que a gente pode não perceber, mas fazem toda diferença.

Uma vez apresentei um trabalho na sala de aula num dia em que eu estava muito feliz, não me lembro o motivo. Um colega me parou e disse: "você está linda hoje". Frase normal, né? Mas eu não estava arrumada, aliás, estava menos arrumada do que de costume. Fiquei horas lembrando do que ele disse, porque, conhecendo-o um mínimo, dá pra saber que ele enxergou o meu comportamento, a alegria que eu emanava, minhas atitudes, e não a roupa ou a maquiagem. Nem todo mundo vê isso.

Ele poderia ter guardado a opinião pra ele, e eu não teria desfrutado da reflexão.

Eu quase sempre pratico a doação de palavras. Às vezes é difícil, porque exige um desprendimento, coragem. Imagina dizer a alguém que você não conhece o quanto ela está bonita ou como gosta do jeito que ela faz alguma coisa! Às vezes eu calo. Quase sempre não.

Sabe o guardinha do bairro, o porteiro, a secretária, recepcionista? Você já tentou fazer o dia deles ser melhor? Tente.

"Fazer o bem faz bem" - Gabriel, O Pensador

Um comentário:

  1. Uma simples palavra que sai pode mover tanto dentro dos outros...

    ResponderExcluir